quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Cordel

Mãe Valente

Valente

Você grande valente e guerreira

Sofreu, amou, viveu e passou o amor

Teve paciência no sofrimento e dor

Alegrou filhos , netos, esposo

Ensinou a costurar com sabedoria

Sabedoria da vida e doação.


No sofrimento sorria,trazia alegria.

Era mãe valente e de tudo sabia.

Vivia a fé,esperança e dor.

Sempre com amor e oração.

Partiu para eternidade pronta.

Em dia de tempestade se despedia.


A troca do primeiro olhar foi na tempestade.

Diálogo pouco existia.

Mas os anjos uniram os, no dia

em que se preparava para nos deixar.

Diálogo e recordações foram lembrados.

Partiu para eternidade na oração


Vai pro céu alegre e feliz!

Deixou muitos amores.

No sonho pedia para não chorar,

Pois a saudade era de muitos.

E de quem ficava a saudade era de um.

De lá intercede por nós que amamos!



CORDEL



Você foi um grande valente.

Correu em pistas mais molhada

Alegrou os domingo dos brasileiros

Trouxe grandes troféu para o Brasil

Pena que o tempo foi pouco

Senna, você foi alegrar no céu.



Ayrton Senna você partiu,mas está em meu coração.

Eu choro e rezo por você que nos deu tantas alegrias.







Teus olhos negros encontraram me

Teus lábios uniu se aos meus

Na tempestade andamos de bondinho

No banco da praça sentamos

Rimos, passeamos e amos

Anos de prata passou e somos amigos!



HAICAI

texto gênero poético

HAICAI


As folhas são como a vida .
As folhas caem e temos tribulação.
Vem as novas e nós mudamos sempre.


Você chegou para brilhar.
Anos passaram e alegria nos traz.
Filho, abençoado e muito amado!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

HAICAI

Haicai ou Hakai


Obs. Eu amei este tipo de texto. Achei e criei também alguns.

É muito bom trabalhar com aluno por ser curto.

Procure se também gostou.

27/09/2011 18:51
Texto Luciana Fleury

Educar

Foto: Rumilda Fernandes (ilustração)

Foto:

"O bom haicai se faz sem intenção, como registro, em nada que atrapalhe a percepção"


O professor de teoria literária Paulo Franchetti fala sobre esta poesia tradicional da cultura japonesa
"Haicai é a poesia da modéstia", afirma um dos maiores especialistas brasileiros sobre o tema, o professor de Teoria Literária da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Paulo Franchetti. Simples e direto, este estilo poético tem como objetivo expressar um sentimento utilizando, para isso, sensações ligadas às quatro estações do ano. E em apenas três linhas, sem rimas. É aprendizado garantindo, então, tentar criar este pequeno e preciso quebra-cabeças (tente nesta ferramenta
fazer o seu haikai).

Paulo Franchetti começou a estudar o Haicai em 1984, ao ter contato com a cultura japonesa e chinesa e interessar-se e em conhecer como funcionava a escrita nessas línguas. Além de vários artigos sobre o assunto, publicou o livro "Haikai - antologia e história" e se tornou um haicaísta, tendo lançado há dois anos uma coletânea de sua produção, chamada Oeste. Ele responde a cinco perguntas sobre esta poesia.

Para ler, clique nos itens abaixo:

1. O que é Haicai?
Haicai designa, no Brasil, um tipo de poesia japonesa, composta de três versos breves, centrados numa sensação ligada à passagem do tempo.
2. Qual a origem do Haikai?
O Haikai - a palavra também pode ser escrita com k - se originou da poesia encadeada, chamada Renga. O Renga era uma espécie de desafio elegante, no qual vários poetas compunham estrofes uma após a outra. O Haicai é o nome que recebe essa prática exercida de modo menos formal.
3. Quais as principais temáticas abordadas pelo Haicai?
Basicamente, a passagem do tempo e os efeitos dela sobre os homens, bem como o renovar eterno da natureza.
4. Qual o objetivo central desta poesia?
Haicai é a poesia da modéstia. Não há bom haicai com ostentação da técnica ou busca da originalidade. É uma poesia que busca dizer o mínimo, mostrar o mínimo e sugerir algo. O suficiente se define como "aquilo que basta para que o leitor possa sentir emoção, possa partilhar do momento em que o haicai foi escrito". O objetivo central é produzir emoção, como toda poesia.


Os textos que criei:


Ka, você chegou,nos trouxe alegria!

Trouxe muita felicidade e amor!

Te Amo! Você é um presente!



As chuvas chegaram e te conheci.

Dias felizes juntos passamos.

Hoje, só podemos nos amar com olhar!




Na tempestade se conheceram. Amor.

Anos felizes viveram juntos! Família.

Na tempestade despede se e voa para sempre. Eternidade.



Você chegou para alegrar minha vida!

Você mudou tudo,preencheu minha vida!

Trouxe felicidade, Ka, para voarmos juntos.



Folhas caem até das belas árvores.

Até a árvore mais simples floresce!

A educação com amor expande perfume no ar.



Educar para o mundo parece fácil

Quando não somos mãe.

Seja mãe! Saiba o que é amar, doar.


Teus olhos negros me fascinaram

Deram vidas e brilhos aos meus!

Mas caminhamos em direção opostas.


Olhou,tocou ,encantou.

Amou. Dançou. Viveu momento.

Anos passou. Não viveu o doar-se.